quarta-feira, 23 de junho de 2010

A Raposa e a Cegonha...

A RAPOSA E A CEGONHA

A raposa e a cegonha mantinham boas relações e pareciam ser amigas sinceras. Certo dia, a raposa convidou a cegonha para jantar e, por brincadeira, botou na mesa apenas um prato raso contendo um pouco de sopa. Para ela, foi tudo muito fácil, mas a cegonha pode apenas molhar a ponta do bico e saiu dali com muita fome.

- Sinto muito, disse a raposa, parece que você não gostou da sopa.

- Não pense nisso, respondeu a cegonha. Espero que, em retribuição a esta visita, você venha em breve jantar comigo.

No dia seguinte, a raposa foi pagar a visita. Quando sentaram à mesa, o que havia para o jantar estava contido num jarro alto, de pescoço comprido e boca estreita, no qual a raposa não podia introduzir o focinho. Tudo o que ela conseguiu foi lamber a parte externa do jarro.

- Não pedirei desculpas pelo jantar, disse a cegonha, assim você sente no próprio estomago o que senti ontem.



Moral da Estória:

Quem com ferro fere, com ferro será ferido.

Share/Save/Bookmark

18 comentários:

Rosana Madjarof disse...

Roniel,

Essa fábula é muito reflexiva mesmo, pois muitas pessoas agem propositalmente a fim de nos ferir, de nos magoar, e nunca esperam receber o troco, mas, com certeza, este sempre chega.

Adorei!

Bjs.

Rosana.

joana disse...

Roniel
Uma fábula para reflexão.
Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti:lá diz o refrão.
beijnhos
joana

Niels Apple disse...

É sempre importante colocar-se na posição do outro antes de qualquer decisão; muitas vezes o que fazemos pensando ser natural e simples, pode ser absurdo e estranho a quem nos acompanha.
Muito reflexiva, mas acho que a Cegonha foi maldosa, já que a Raposa causou o constrangimento por não lembrar de um detalhe e a Cegonha mesmo sabendo do problema insistiu em constranger a amiga.

Abração

Calebe disse...

Olá Roniel,
Essa fábula mostra muito bem como é o nosso mundo.
Se não respeitamos, não somos respeitados.
A vida é "fisica", ação e reação.
Nossos atos possuem consequencias e a vida sempre ensina.
Temos que tomar cuidado e nos dedicar a compreensão.
Uma coisa que eu sempre digo é que uma das coisas mais dificeis de se encontrar é uma pessoa realmente compreensiva. Capaz de olhar com os olhos do próximo e agir pensando em como os outros se sentem.

parabens pelo post
grande abraço

30 e poucos anos. disse...

Pagar com a mesma moeda, vingança, dar o troco e etc etc são coisas que diminuem o nosso tamanho ... a lição teria sido muito mais efetiva se a cegonha tivesse reconhecido o erro feito pela raposa e no jantar oferecido por ela tivesse colocado o prato correto para a raposa.....com certeza a rapoza iria ficar muito chateada.

Fernandez disse...

Pois é amigo Roniel... um dia da caça, outro do caçador. :-)
Fábula muito interessante.
Forte abraço, Fernandez.

Sissym disse...

Puxa, tem vezes que precisamos agir de maneira mais racional mesmo!

Jucifer disse...

é como sempre digo toda ação exige um reação
somos os reflexo de nossos atos
somos egoista muitas vezes a pensar somente em nos e naum observar as dificuldades alheias
otima fabula
bjo grande

Mr.Jones disse...

Roniel
voce ta o verdadeiro cow boy!
ahahahah

P.S: Essa moral da historia caiu direitinho pra quem "tentou" apenas me ferir. ahahahah
otimaaaa
abçs

Matheus Manoel de Souza Santos disse...

É, toda ação gera uma reação. Bem simples, porém objetiva a história. Gostei muito da moral! Abraço!

Joselito disse...

Eta bichinhos rancarosos ....

Vanda disse...

Obrigada por seu carinho em meus blogs =)

Roberto Lima disse...

Vamos refletir sobre o texto e levar para o nosso cotidiano.Nota 10
Abraços
Roberto Lima

Vera disse...

Oi Roni
Concordo com 30 e poucos anos mas, a Lei do Retorno existe!
Obrigada pela visita ao meu blog...espero que volte sempre!
Beijos

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amigo RONIEL:
Essa fábula traz uma miscelânea de ensinamentos, é verdadeiramente riquíssima!
Por certo, é que muitas vezes mais vale um pouco certo que o muito duvidoso e ter a consciência para saber aceitar os entraves com equilíbrio faz bem e não custa nada.
Parabéns por mais um excelente Post!
Abraços,
LISON.

Jackie Freitas disse...

Olá querido Roniel!
Perdão por minha demora no comentário, mas estou aqui, se não se importa..rsrs
Eu entendo esses ditados: "olho por olho, dente por dente", "quem com ferro fere, com ferro será ferido" e acho que é o que mais vemos por aí. só não sei se concordo, amigo.
Prefiro seguir na linha "não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você.".
Na minha humilde opinião, se alguém me oferece um péssimo "jantar" ou qualquer coisa, eu tendo oportunidade, ofereço o meu melhor porque acho que é assim que combatemos a maldade nas pessoas. Funciona? Não sei, porque muitos são ignorantes ao ponto de não perceberem essa sutil diferença da generosidade de caráter. Mas, te digo, que pelo menos para mim, fico em paz e é isso que tem que me importar. Fazer o bem pelo bem... o mundo já é um grande campo de batalhas! Se todo mundo sair sempre armado, disposto a trocar tiros, não sobrará ninguém!
Grande beijo,
Jackie

Marcos Airosa disse...

Excelente fábula, cheia de ensinamentos, o blog está ótimo.

Massoterapeuta no rio de janeiro disse...

Amigo Roniel ,
antes de comentar , preferi ler os comentarios dos colegas e oque eu pensava em escrever , encontrei nas palavras da Jackie as minhas palavras . Portanto , faço das palavras da Jackie as minas , pois é exatamente isso que eu faria se estivesse no lugar da cegonha .

Não se combate o mal com o mal . Só o amor pode transformar o mundo .

abs
Francisco

Postar um comentário

Comentem Que Eu Respondo

Related Posts with Thumbnails