quarta-feira, 16 de junho de 2010

Júpiter e a Abelha...

JÚPITER E A ABELHA

Houve um dia em que a rainha das abelhas entendeu ser necessário agradecer ao deus Júpiter por tudo quanto ele havia lhes dado, principalmente os campos, as flores e o néctar em abundância. E decidiu presenteá-lo com o que de melhor elas possuíam para oferecer-lhe, que era o mel produzido por cada uma graças à fartura da matéria prima que a divindade colocara à disposição de todas. Então ela procurou as melhores colméias, recolheu a quantidade de mel que julgou ser suficiente e voou com ele para o Monte Olimpo, onde morava o maior dos deuses.

Júpiter ficou tão satisfeito com o presente recebido que desejou retribuí-lo, e para isso prometeu dar à abelha qualquer coisa que ela desejasse. Ao ouvir tal oferecimento, a rainha não se conteve e pediu:

- Oh, Júpiter, dê-nos um ferrão com o qual possamos nos defender. Mas que seja tão forte e resistente que com ele sejamos capazes de ferir e matar aqueles que se aproximarem de nossa casa com intenção de nos roubar o mel.

O deus maior não gostou do espírito vingativo facilmente perceptível no pedido feito pela abelha, mas como não podia voltar atrás na palavra empenhada, ele declarou:

- Vou lhes dar o ferrão que me está sendo pedido, mas com a condição de que se vocês o usarem para atacar qualquer coisa viva, a picada poderá ser mortal.

Ao ouvir essas palavras a rainha das abelhas bateu palmas de contentamento, mas tão logo fez menção de agradecer à benesse recebida, Júpiter completou sua fala:

- Mas devo avisá-la de que a picada será mortal também para vocês, porque como o ferrão se quebrará no momento em que for usado, a abelha que tiver feito isso morrerá logo em seguida.



Moral da Estória:

Quem pratica o mal, recebe o mal como recompensa.
Baseado no livro Fábulas de Esopo - Fernando Kitzinger Dannemann

Share/Save/Bookmark

18 comentários:

Jackie Freitas disse...

Olá meu amigo Roniel!
Isso me faz lembrar do ditado "quem com ferro fere, com ferro será ferido!". De nada adianta produzirmos o doce se não soubermos lidar com o fel, não é? A lei da ação e reação, não tem jeito!
Mas, vamos fazer o certo, o que a nossa consciência nos orienta que as chances de estarmos no caminho do bem, serão maiores, não é?
Grande abraço e parabéns pela excelente fábula!
Jackie

Cubo Mágico disse...

A prática do "mal" pode ser em resposta a uma picadela de outra avelha... e quem assim o praticar, se em vez de uma avelha, for uma vespa, ela saberá ferrar sem morrer...

O "mal" só é revertido a pessoa que o faz se ela mesmo não estiver preparada para o fazer... é assim que acho, é assim que eu penso, e é assim que eu acho que deve ser: olho por olho, dente por dente.

abraço

30 e poucos anos. disse...

Belíssimo conto...mostra que o que fazemos aqui, pagamos aqui.
Não adianta correr, se esconder e fugir da justiça pois um dia ela te encontrará

sandra paula disse...

Olá meu querido amigo Roni,como sempre nos presenteando com belos posts.Infelizmente muitos fazem como tão abelha,só esquecem que irão colher o que plantou,o mal que eu faço a meu irmão se voltará contra mim.Bjus querido,fica com Deus

Lilian disse...

Olá querido amigo Roniel,

Parabéns pelo post.

Outro presente que nos dá como lição de vida, de aprendizado.

Leva-nos a refletir em nosso comportamento, lembrando-nos que receberemos como colheita, aquilo que semearmos.

"O bem com o bem se paga".

Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

Rosana Madjarof disse...

Roniel,

Mais uma linda fábula que você nos traz.

Essa é mais uma fábula onde podemos tirar grandes lições, e podemos dizer que quem semeia vento colhe tempestade.

Parabéns pela postagem.

Bjs.

Rosana.

Jucifer disse...

simplismente lindo
de uma reflexão imensa
beijo grande

Rosemary Quintas disse...

Querido amigo, parabéns pelo post!
Refletindo...
Semeie flores e retire os espinhos delicadamente.
Dê amor e o terá em dobro.
Emane somente bons pensamentos, assim você neutralizará os maus.
Seja verdadeiro,puro,educado, gentil, amoroso...pois, assim atrairá bons fluídos.
Deseje a paz e a sinta em você.
Tenha fé e agradeça a Deus por tudo.
Se ame,se respeite e ame, respeite o seu semelhante.

Um grande abraço.

Vanda disse...

Disse tudo e mais um pouco! E quem pratica o mal perde muito!!

Abração!

Fernandez disse...

Mensagem muito bacana e verdadeira amigo.
Cada um colhe o que planta.
Gostei muito da fábula.
Forte abraço, Fernandez.

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amigo RONIEL, essa é mais uma fábula que em verdade é uma usina de lições basta termos a sensibilidade para aplicar, só relembro a história do peso e sua adulteração em prejuízo de centenas... A honestidade e a verdade é que sempre vai prevalecer, pode passar mil anos e elas florescem, desse modo de nada adiante investir contra terceiros que pagaremos o preço, nem que seja em outra encarnação.
Parabéns por mais um excelente Post!
Abraços,
LISON.

Yoriko disse...

Roni, uma linda fábula. Devemos ter consciência de que tudo que aqui fazemos, pagamos e recebemos com o mesmo grau de intensidade. Parabéns por mais esta postagem. Beijos. Obrigada.

Mairink disse...

Grande Roniel precisamos de ler coisas assim vez em quando!

Wanderley Elian Lima disse...

Colhemos o que plantamos. Adoro suas parábolas.
Um abraço

Carlos Roberto de Oliveira disse...

A fábula está perfeita!

Aqui se planta, aqui se colhe, ou como disse a Jackie, "quem como ferro fere, com ferro será ferido". É uma lição importante pra todos nós!

Gostei muito do texto!

MARIA COSTA disse...

Oii Roniel

Eu adoro essas fábulas, em simples história, trazem lições maravilhosas,uma palavra que nao está no meu vocabulário é a vingança, pois eu sei que quando guardamos raiva e rancor no coração, faz mal para gente mesmo, a vingança é para ambos os lados, temos que ter a humildade e saber perdoar sempre.
Bjs no coração

Histórias & Estórias disse...

Oi Roniel,

Interessante esta fábula, eu não a conhecia. E vou com a Rosana, quem semeia ventos, colhe tempestade.

Bjs

Valeria

jgagliardi disse...

simples assim... toda ação tem uma reação na mesma força e intensidade.

abçs e parabéns.

Postar um comentário

Comentem Que Eu Respondo

Related Posts with Thumbnails